Que a impressora é um equipamento fundamental para a sua vida pessoal e profissional, você já sabe. No entanto, apesar de ser muito eficiente, ela ainda acarreta alguns custos que podem pesar no orçamento de cada mês. Por isso, separamos, neste artigo, 5 dicas para reduzir seus custos com impressões digitais. Essas instruções vão ensinar você a economizar o máximo possível na hora de imprimir seus documentos e fotos. Continue lendo para saber mais!

5 dicas para reduzir seus custos com impressões digitais
Fonte: Freepik.

5 dicas para reduzir seus custos com impressões digitais

A fórmula perfeita para reduzir os custos com impressões digitais de uma casa ou de uma empresa consiste na junção de bom senso e conscientização. Desse modo, é possível utilizar a tecnologia disponível com mais eficiência, evitando desperdícios desnecessários.

Mas como fazer isso? Vejamos, a seguir, algumas dicas para ajudar você nessa tarefa.

Configure as suas impressoras para economizar papel

Introduzir a economia na configuração da sua impressora é uma ótima forma de conseguir uma redução de custos significativa. E, para isso, você pode utilizar duas opções muito úteis.

A primeira delas é imprimir sempre com frente e verso. Isso garante o aproveitamento máximo de uma folha, diminuindo muito o uso de papel nas impressões.

A segunda maneira é optando pela impressão preto e branco. É claro que isso nem sempre é possível, pois alguns documentos precisam ser impressos em cores. Mas, quando essa for uma possibilidade, é melhor aproveitá-la, pois, dessa forma, você evita grandes gastos com a tinta da sua impressora.

Monitore as impressões mensais

Uma maneira eficiente de reduzir custos é adotar um monitoramento constante das impressões realizadas. Com isso, você pode avaliar quanto realmente está sendo gasto com a impressora e se esse custo é necessário ou pode ser reduzido. Assim, fica bem mais fácil detectar possíveis desperdícios e minimizá-los. Considere, então, a possibilidade de fazer uma planilha para contabilidade de tudo que for impresso a cada mês.

Monitore as impressões mensais
Fonte: Freepik.

Considere se a impressão é realmente necessária

Mesmo que documentos físicos ainda sejam muito importantes no nosso dia a dia, às vezes os arquivos digitalizados podem cumprir a mesma função deles e ainda garantir uma economia no uso da impressora. Sendo assim, antes de fazer uma impressão, pare e pense para avaliar se ela é realmente necessária. Pergunte-se por que é fundamental ter aquele arquivo impresso, e se a versão digitalizada dele já não poderia dar conta do que você precisa fazer.

Pode parecer uma atitude pequena, mas às vezes o hábito é a maior fonte de desperdícios. Por isso, essa reflexão pode fazer uma grande diferença.

Não deixe de usar a impressora por muito tempo

Pode parecer contraditório, mas, para reduzir seus custos com impressões digitais, é preciso usar a impressora regularmente. Isso porque, se você fica muito tempo sem usar a sua impressora, a tinta pode secar e a lubrificação das peças pode diminuir.

Desse modo, longos intervalos sem imprimir nada podem prejudicar o funcionamento da impressora. Isso, a longo prazo, pode gerar altos gastos, arriscando que você tenha até que comprar uma impressora nova antes do tempo que seria necessário normalmente.

Por isso, procure usar a sua impressora com regularidade. O ideal é fazer impressões de uma a duas vezes por semana para garantir um funcionamento frequente.

Não deixe de usar a impressora por muito tempo
Fonte: Freepik.

Use tintas de qualidade

Usar tintas de qualidade para a sua impressora é uma das melhores maneiras de reduzir seus custos com impressões digitais. Afinal, quanto mais eficiente for a tinta, menor o desgaste que a impressora tem ao imprimir um documento ou uma foto.

E, quando se fala de tintas para impressão com intensidade e nitidez, a melhor opção é a HD Ink. Entre no site da empresa para conhecer melhor os seus produtos!